12 de junho de 2007

Joaquim

Homem de muita fé e de grande humildade

nasceu em Pernambuco e na Paraíba criado

Saiu de Campina Grande no famoso pau de arara

Viajando dezessete dias, dezessete anos era sua idade

Aqui chegou e fez-se pedreiro, carpinteiro e operário de si mesmo

Educado na escola da vida

Quando indagado responde com a sabedoria

de um homem bem estudado

Com Dona Luzia soma 50 anos de casado

Desse matrimônio tem o seguinte resultado:

Sete filhos, vinte e dois netos, doze bisnetos

Exemplo de sucesso que por muitos é ignorado

Exemplo de vida que por muitos é admirado

Exemplo de homem a ser copiado

Hoje com setenta e cinco anos de idade

Defende o respeito como forma de ser respeitado

Termino essa pequena homenagem

Com um ditado popular por seu Joaquim muito usado

“é devagar que se chega lá”

(Francisco Valdean 15 de março de 2006)

0 comentários:

Estão por aqui