4 de fevereiro de 2010

Carnaval na Maré


O bairro Maré tem por volta de 150 mil habitantes distribuídos em 16 comunidades em um território de quase 5 quilômetros quadrados e com uma vida rica culturalmente, mas nem sempre o bairro é retratado pela sua diversidade e alegria. O mote para as reportagens é sempre a que envereda pela ótica negativa, principalmente pela a violência, mas as abordagens a cerca do assunto não aborda de fato as raízes da questão, na verdade acaba por colocar o morador da favela como sendo o “problema”.

Um dos problemas que atinge a comunidade da Maré é o serio problema de transito entre as 16 comunidades, principalmente pelos jovens que são os mais atingidos diretamente com a atuação dos grupos criminosos. Neste contexto diverso e complexo nasce o bloco Se Benze que Dá. Um bloco que surge com o intuito de estimular a circulação dos moradores pela comunidade e pela cidade.

Na tentativa de fomentar e contribuir para uma discussão e reflexão sobre direitos o bloco realiza desfiles pela comunidade da Maré desde 2005. Além dos desfiles pela comunidade o bloco também participa de manifestações coletivas.

Na tentativa de juntar diversão e consciência o bloco realiza dois desfiles pelas ruas da Maré, um sábado antes e um depois do carnaval.

O primeiro desfile de 2010 será no próximo sábado. Concentração as 13 e 30 no lago do Quarto Centenário, na Baixa do Sapateiro.

Desfiles em Imagens

 
A fotografia acima do fotógrafo Ratão Diniz é do primeiro defile do bloco em 2005.

 
O registro acima é do fotógrafo Bira Carvalho, mostra o bloco chegando a comunidade da Nova Holanda.

 
Em 2007 o registro ficou por conta do fotógrafo Davi Marcos. Bloco em uma das ruas da comunidade da Baixa do Sapateiro.



Foto de 2008 também é do fotógrafo Davi Marcos, rua do morro do Timbau.
  


2009 foto de Fabio Caffé, Quarto Centenario, Morro do Timbau.
 

2009 bloco passando pela rua Oliveira, Baixa do Sapateiro.


Confira abaixo os sambas do Bloco

CARNAVAL 2010

A Rua é a Nossa Avenida
Autoria: Sinésio Jefferson, Dayana Lima

 Jornais só dizem que somos carentes
amor não nos falta, temos pra dar
recuso o papel de indigente
e no carnaval vou me esbaldar

A rua é nossa avenida
deixe (veja) o meu bloco passar
hoje a favela está unida
vem, Se Benze que Dá!


CARNAVAL 2010
Minha Sina
Autoria: Leo J. Melo, Diego Lucena, Mariluci Nascimento, Juliana Farias e Grande Elenco!


Num jardim de arrudas
Travo a luta com ardor
A Maré tá cheia
Vem pra rua, morador!!


E a saúde... Dá-lhe upa, Lula lá
Tu vai no SUS e toma um SUSto de matar
Se tu não morre, Cabral vai te exterminar

É Copa, é Pan, é Pac, é tudo de uma vez
Eu quero ver é em 2016!!
Pular o muro ‘vira’ esporte de uma vez
(ô morador!)
            Ô morador: espalha pra geral!
'sabádo' antes e depois do carnaval
(o Bloco sai!)
'sabádo' antes e depois do carnaval

E o pancadão... já não pode proibir
Funk é cultura, eles vão ter que engolir
É rico, é pobre, todo mundo quer provar
É samba, é funk é o Se Benze que Dá! (2x)
(Sobreviver!)

sobreviver
deve ser a minha sina
choque de ordem
fome e gripe suína
choque de ordem
fome e gripe suína




Sambas dos anos anteriores









0 comentários:

Estão por aqui