8 de abril de 2010

Rio se desmancha igual algodão doce

Foto: Francisco Valdean, morro dos Prazeres

A cidade do Rio se desmancha igual algodão doce ao entra em contato com água.


Ontem em caráter de urgência o Prefeito Edurdo Paes anunciou que removera todos os moradores do morro dos Prazeres e Laboriaux na Rocinha, as duas comunidades somam um total de 7 mil pessoas.

Prefeito não venha com esse papo de que foi pego de surpresa, isso era algo que ia acontecer mais cedo ou mais tarde, principalmente pelo descaso do poder público, só para lembrar, o morro dos Prazeres já foi em outros governos contemplado por projetos de urbanização, mas o projeto além de ser “meia boca” não foi concluído, então não se pode fazer cara de surpreso com a situação e culpar os moradores pelas ocupações de espaços que o poder público entende como irregulares. O difícil é definir que espaço nesta cidade é regular.


Frases de Eduardo Paes no dia de ontem:



"É uma decisão tomada a partir de estudos de geotécnica. Não vamos mais brincar com essa história".


Sobre as remoções


"Não me peçam data ou projeto. Vamos discutir isso na fase seguinte da contingência."


Fez críticas aos demagogos e aos políticos, os quais chamou de urubus.


“Não vou ficar com esses urubus da política esperando essas pessoas morrerem para que eles possam de alguma maneira se divertir."


Só resta saber de quais políticos ele falava

0 comentários:

Estão por aqui