24 de janeiro de 2011

Funk: expressão coletiva da favela

Roda de Funk "O canto do Galo"

Esquerda MC Leonardo / direita MC Pingo do Rap em apresentação na "Roda de Funk" realizada pela APAFUNK no último sábado (22/01/2011) na rua do Valão na favela da Rocinha.

____________________________________________________________________________
MCs: Galo e Smith presentes na roda de funk "O canto do Galo"

____________________________________________________________________________



Esquerda Mc Pingo do Rap / ao centro mc Leonardo / direita Mc Junior 

Momento de muita de emoção dos MCS e do público presente.
____________________________________________________________________________



Conforme a tarde caía, ao som do "batidão" os moradores se aglomeravam na rua do Valão. 


____________________________________________________________________________



A favela é plural e abriga expressões culturais variadas, ainda naquele dia (22) numa rua da Maré sobre um palco improvisado um grupo de forró se apresentava. Naquela mesma rua  no dia anterior aconteceu um baile funk e naquela mesma rua por vezes ocorre shows com grupos de pagode. Naquele dia na entrada da Rocinha se lia em um grande cartaz o anuncio de um show de pagode onde a atração principal era o pagodeiro Belo. A pluralidade das favelas é um fato que a generalização aniquila e  sem êxito tenta sufocar a expressão  musical mais latente que existe nas favelas cariocas, o Funk.

____________________________________________________________________________

 Galeria com fotos da Roda de Funk "O Canto do Galo"
____________________________________________________________________________
Postagens relacionadas

0 comentários:

Estão por aqui