15 de maio de 2011

Se a vida fosse poesia


A rotina não seria desafio
O poeta viveria segundo regras de sua poesia
O namoro se conheceria se apaixonaria se amaria
e viveria harmoniosamente todas às horas,
todos os dias

O trabalho árduo desejaria o descanso,
não só, ao final do dia
A tristeza do descanso não acabaria
ao amanhecer do novo dia
A tristeza desfaleceria
com a chegada da alegria

O desejo seriam o mesmo
se não fosse desejado todos os dias
O desejo se realizaria com
alegria, tristeza vida e poesia.

0 comentários:

Estão por aqui