28 de fevereiro de 2012

Dia 2 - Transporte Público do Rio: batalha no metrô


Andar de metrô no Rio em determinados  horários pode ser muito desagradável.

Outro dia eu e um amigo embarcamos no metrô na estação Largo da Carioca (Centro) e seguimos até a estação do Maracanã (Zona Norte), percurso rápido, de uma estação a outra não deve levar 20 minutos. Tínhamos pressa e o metrô naquele horário (18:00h) era a melhor opção pela rapidez, mas deixa de ser uma boa opção se for levado em conta o sufoco que é andar no metrô do Rio neste horário. 

Na plataforma de embarque

Já nos preparávamos pra embarcar, nos posicionamos na plataforma com os pés bem firmes ao chão, era como se nos preparássemos para enfrentar alguém, uma batalha ia ser travada e os opositores eram uma multidão de passageiros. Conforme os vagões foram estacionando a tensão aumentava, uma vez os vagões estacionados, as portas se abriram e a batalha iniciou. Foi um empurra-empurra generalizado, não estou certo, mas suspeito que nem todos conseguiram embarcar, eu mesmo em outros momentos não consegui e tive que me reposicionar num lugar mais favorável e aguardar uma próxima locomotiva. Já dentro do vagão meu amigo comenta “se você dê mole não entra não!” O comentário foi seguido por risos de canto de boca nossos e de outros passageiros. 

A viagem seguiu e conforme o metrô ia parando nas estações mais empurra-empurra e espreme-espreme. Éramos um de cardume sardinhas em pequenas latas. Já se aproximava a nossa estação de destino (Maracanã), e isto significava enfrentar novamente os passageiros para poder desembarcar. Andar de metrô em determinados horários no Rio não é coisa para “fraco”.


Diário Completo

Dia 1 - Transporte Público do Rio: você vai de que?




0 comentários:

Estão por aqui