7 de junho de 2013

Comunicação, território e desigualdade



Hoje participo de uma das mesas do seminário “Jovens Pobre e o uso das NTICs na Criação de Novas Esferas Públicas Democráticas”, este é fruto de uma pesquisa realizada pelo Ibase.


“A atividade será composta de três meses ao longo de um dia e meio. Em cada uma delas estarão debatendo pesquisadores, jovens ativistas e gestores públicos sobre as possibilidades e limites das novas tecnologias, seus usos atuais e as políticas que vêm sendo pensadas para a área, levando em conta demandas e anseios dos(as) jovens. Além das mesas, haverá exposição de fotografias, exibição de curtas, apresentação de peça do grupo Teatro da Laje (de Vila Cruzeiro), da Marcha das Vadias do RJ, além de roda de funk e hip hop. A ideia do evento é articular o debate público com diferentes atores à práticas culturais e políticas de grupos e jovens que fizeram parte da pesquisa. A atividade será aberta e gratuita, não é necessário fazer inscrição com antecedência”. (Fonte: Ibase).

0 comentários:

Estão por aqui